<
Menu do RAME SEISHIN JUTSU

RAME SEISHIN JUTSU

Fundamento filosófico


             Numa era em que a humanidade se distância das coisas espirituais e se destrói ,ainda existe, em muitos corações, a bondade e o desejo, de ver o entendimento entrar nesses corações endurecidos e rancorosos. Sendo assim, foi que nasceu entre nós a vontade de criar algo que nos ligue mais e mais ao Mestre Supremo, procurando ensinar, que não podemos esquecer nossa missão e que, não devemos, buscar uma supremacia terrena.

             Muitas modalidades de luta foram criadas, incentivando aqueles que praticam, a olharem para cima em direção ao divino. Mas não tardam e fogem de seus objetivos, porque a vaidade suplanta os ideais, daí, vem a vontade de cada um ser melhor do que o outro, quando, o mais importante é superarmo-nos, corrigindo nossas fraquezas.

Caminho

             É a busca social e pedagógica, do que deve ser a Arte Marcial, com um currículo bastante rico, tanto no aspecto técnico de luta, quanto no educacional, capaz de enriquecer, ainda mais, as experiências dos aficionados nesse tipo de esporte, dando, aos que estão pensando em trabalhar nesse ramo, recursos técnicos pedagógicos, capaz de torna-los verdadeiramente educadores. Conseguindo isso, O RAME SEISHIN JUTSU, terá dado uma contribuição imensa para o aperfeiçoamento e fortalecimento das Artes Marciais no Brasil.

             O RAME busca a ser mais que um esporte. Procura, divulgar entre seus atletas a união entre diversas ciências, como a Religião, a Psicologia, a prática de ensino, Moral e Civismo, Higiene e Sociologia, a fim de que, auxiliados por elas, consigamos nosso objetivo, guiando inteligentemente esta Arte Marcial à sua meta final, que é a salvação da alma, e o fortalecimento do espírito.

             A honra e a dignidade, que são substituídas pelo egoísmo, vaidade e mentira, não podem se sobrepor, ao espírito de seus Mestres e o RAME busca o despertar e o renascer técnico, filosófico, moral, social e espiritual das Artes Marciais, formando cidadãos conhecedores do passado, respeitadores da ordem, moral, tradição, honra e bons costumes, sabendo que, antes deles, grandes homens existiram e trabalharam para deixar o legado das artes marciais para as gerações posteriores. É desse espírito que nasceu o RAME e, é sua meta, restaurar a arte que foi retalhada pela divisão de seus conhecimentos, pelos regulamentos de competições, pela vaidade pessoal de alguns praticantes, que desonram a tradição e sabedoria dos Grandes Mestres, que já não estão entre nós, mas que foram, os verdadeiros fundadores dos estilos.

             Como exemplo de honra deve ser, sempre citada, dentre tantos outros, o Grande Mestre Gigoro Kano, que teve o mérito de ser fundador da escola normal japonesa, pai da educação física japonesa e criador do Judô moderno.

             Não se pode pensar em estilos baseados na violência, cuja única finalidade e causar danos a seus praticantes e semelhantes.

IT - VENCER A SI PRÓPRIO.

NI - RESPEITO E AMOR AO PRÓXIMO.

DAN - CONTER O ESPÍRITO DE AGRESSÃO.

SHI - ESTUDAR PARA FORMAÇÃO DO CARÁTER.

GO - FIDELIDADE COM O VERDADEIRO CAMINHO DO RAME SEISHIN JUTSU.

Objetivos

I. Preparar pessoas, para que possam viver felizes espiritualmente e, ajustadas ao grupo social.

II. Aproximar, as diversas modalidades de luta, que tentam superar umas as outras.

III. Dar maior impulso ao esporte como fator de integração social com saúde física e mental.

IV. Estimular o atleta a conhecer as diversas ciências, que o ajudarão, por toda a vida, tornando mais fácil a sua existência.

V. Ajudar a educar o atleta, em colaboração, com os objetivos educacionais brasileiros, uma vez que a escola moderna, não apenas ensina, mas principalmente, educa.

VI. Criar um esporte onde seja dado ao aluno, atenção quanto as características individuais. Um esporte apoiado no espírito da educação atual, onde são utilizados os meios pedagógicos.

VII. Criar um esporte que atenda às necessidades do povo brasileiro e não criar um simples comércio.

Metas

             São muitas, as dificuldades, mas todas elas serão vencidas e o RAME SEISHIN JUTSU certamente, figurará entre as grandes modalidades desportivas e contribuirá, para um futuro melhor, onde as pessoas se olhem com mais respeito e solidariedade.

             Como espiritualista, acredito que as artes marciais, ou qualquer realização humana, que objetiva a melhoria da qualidade, de existência, do ser humano, é resultado da inspiração divina e não resultado mecânico e frio, de uma pessoa vazia, que acredita apenas em si próprio, esquecendo-se que, em torno dele, está a espiritualidade, inspirando as grandes realizações, para que o homem possa, um dia, se harmonizar com DEUS.

             Por acreditar em tudo isso, e honrar meu grande Mestre Nagashima e seus antepassados, por agradecimento a espiritualidade, por amor ao próximo, com isenção de vaidades pessoais, é esse, o ideal a ser perseguido, buscando sempre a perfeição técnica inalcançável e que significa uma constante luta pela ascendência da alma.

Juramento

" Com o ideal voltado para as causas justas, para a Arte Marcial que praticamos e para Cristo. Juramos honrar o bom nome do RAME SEI SHIN JUTSU, seguir sempre seus objetivos, visando o bem da humanidade, colaborando para minimizar os problemas, mostrando a todos o caminho do amor, da justiça e da caridade. "

Código de Honra

I - Preservar os sentimentos de Amor, Justiça e Caridade;

II - Ser um modelo de procedimento para as demais pessoas;

III - Trabalhar, sempre, para o fortalecimento do RAME SEISHIN JUTSU;

IV - Preservar a honra do patrono e do fundador, seguindo a orientação transmitida;

V - Combater a vaidade interior e promover o auto-crescimento;

VI - Dominar o egoísmo;

VII - Estimular aos atletas e instrutores no aprimoramento técnico e moral;

VIII - Respeito aos demais estilos de Artes Marciais;

IX - Ser comedido nos atos e ações;

X - Viver com a consciência, de que existe um motivo, para sermos melhor a cada dia.

" Quem não vive, segundo estes princípios, não esta em harmonia com os objetivos do RAME SEISHIN JUTSO, nem consigo mesmo e, certamente, colherá da vida, o mal que semear."

Agradecimentos

Desde criança, amo as ARTES MARCIAIS e, o meu maior sonho, era ser um grande atleta de LUTA LIVRE.

Essa vontade, crescia a cada vez, que eu assistia aqueles grandes lutadores, exibirem todo o seu talento. Os mais jovens, não tiveram a felicidade de verem lutar, Hélio Gracie, Karson Gracie, Elio Vigio, João Alberto, Valdemar Santana, Orlando Barradas, Moacir Luzia Vale e outros grandes lutadores.

Era, um espetáculo maravilhoso de técnica e coragem, que deixou saudades.

A eles agradeço, pois contribuíram muito para que eu seguisse este caminho. Quero também agradecer, ao mestre ANTÔNIO VIEIRA DA SILVA e aos mestres já falecidos, TOKUSO TERAZAQUE e DEMERVAL DE SOUZA ROCHA que tanto me apoiaram, a Federação de Pugilismo do Rio de Janeiro, a federação de karate, a Confederação de Judô e ao Conselho Nacional de Desportos, onde eu encontrei informações para desenvolver este trabalho, nos aspectos técnicos e legal.

Uma lembrança de saudade e de orgulho, para meu discípulo, Elso do Nascimento, Shihan e diversas vezes campeão pelo RAME e, ainda, Sho Dan, tri-campeão estadual, pela Federação de judo do Estado do Rio de Janeiro.

Termino com um agradecimento especial, a meu grande Mestre NAGASHIMA e a todos os praticantes do RAME SEISHIN JUTSO, que ao meu lado impulsionam esta nova modalidade em direção ao sucesso, com a frase predileta de meu discípulo, Mestre Elso.

" Fracos são todos aqueles que se julgam fracos "